Buscar
  • fcbreder

Clichês: manual de uso



O clichê é uma banalidade repetida com frequência. Embora seja geralmente associado a elementos da trama, também se refere a construções frasais, lugares-comuns, chavões. Por exemplo: “a luz no fim do túnel”, “a esperança é a última que morre”


Na escrita (seja em um texto de ficção ou até redação do Enem), clichês desse tipo devem ser evitados porque mostram falta de originalidade. São frases feitas que não acrescentam muita coisa.

Mas não é um erro usá-los: se você está representando a fala de um personagem, pode ser mais realista ele usar um clichê do que uma frase mirabolante


Existem também as cenas clichês: o sonho que reflete algo importante para trama, o personagem que descreve a si mesmo quando olha no espelho, o capítulo que começa com o personagem acordando. Pode confessar, você provavelmente já usou algum desses (eu já usei os 3). O problema com eles é que são a solução fácil e por isso ficaram batidos. Tente pensar fora da caixa: o capítulo precisa mesmo começar com o protagonista acordando ou você pode pular umas três cenas da rotina dele?


Já as situações clichês (triângulos amorosos, profecias sobre o escolhido, pais ausentes/abusivos/ou que já morreram, etc) nem sempre são ruins. São os tropos: conceitos recorrentes em narrativas.

Pode usá-los à vontade, mas é bom dosá-los, criar a sua versão ou dar um twist único.

Exemplo: “Direitos iguais, rituais iguais” (lá vou eu falar de Terry Pratchett de novo) começa com um mago procurando o 8º filho de um 8º filho, predestinado a ser sucessor, mas quando ele chega lá descobre que a criança é uma menina - em um universo onde só homens podem ser magos.


O tipo mais perigoso de clichê são os que refletem estereótipos: cuidado redobrado com clichês sexistas ou racistas, desses você corre, tá? A personagem feminina cuja principal função é ser a redenção do cara cafajeste, o personagem negro que é o melhor do protagonista e não tem nenhum arco próprio, o personagem japonês que gosta de anime e é bom em matemática (e se for menina tem uma mecha roxa no cabelo), pra citar alguns exemplos a serem evitados.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo